Mutações do SARS-CoV-2 inibem a identificação e destruição de células infectadas por linfócitos T


A infecção por SARS-CoV-2 desencadeia uma ativação ampla do sistema imune inato e adaptativo. Linfócitos T citotóxicos (CTLs) ou CD8+ desempenham um papel essencial na proteção contra infecções virais. Os CTLs reconhecem epítopos do patógeno que são expostos na superfície das células infectadas através do complexo maior de histocompatibilidade classe I (MHC-I). Após o reconhecimento, os CTLs promovem a lise das células infectadas através da liberação das enzimas perforina e granzima e da indução de apoptose, impedindo, assim, que a infecção se espalhe.

Pesquisadores do Research Center for Molecular Medicine na Áustria sequenciaram mais de 700 isolados de SARS-CoV-2 e identificaram mutações não-sinônimas que afetam a eficiência da ligação a MHC-I e, por sua vez, impedem a ativação de linfócitos T CD8+. A diminuição na ligação dos epítopos mutados ao MHC-I foi acompanhada por uma redução na proliferação, na produção de interferon-gama (IFN-γ) e na atividade citotóxica de linfócitos CD8+ isolados de pacientes com COVID-19.


Os resultados do grupo demonstram a capacidade do vírus SARS-CoV-2 em escapar das respostas imunes adaptativas através de mutações em epítopos MHC-I. Estes achados são de extrema relevância para o desenvolvimento de alguns tipos de vacinas, como as vacinas de RNA, as quais induzem respostas contra um número limitado de peptídeos virais. Estas vacinas podem ter suas eficácias comprometidas caso um desses peptídeos esteja mutado em variantes virais que estão surgindo. Entretanto, o impacto dessas mutações na resposta de linfócitos CD4+ ainda não foi explorado.


Um número crescente de pesquisas sobre o novo coronavírus vem sendo realizado no Brasil. Desde o surgimento da COVID-19, a Pensabio tem focado em trazer as melhores soluções do mercado para o combate e para estudos acerca da COVID-19.


Oferecemos o portfólio mais completo de soluções para diagnóstico e também pesquisa e desenvolvimento, incluindo testes rápidos para detecção de anticorpos contra SARS-CoV-2 (registrados na ANVISA), testes RT-qPCR para detecção do SARS-CoV-2, kits de extração de RNA viral (protocolo manual e automatizado), RNA controle de SARS-CoV-2, anticorpos contra proteínas virais ou receptores em humanos, proteínas virais recombinantes e compostos antivirais.


Para saber mais a respeito de todas as opções disponíveis, entre em contato com nossa equipe de vendedores e especialistas por e-mail (comercial@pensabio.com.br) ou ligue para (11) 3868-6500.


Você também pode acessar o link: https://www.pensabio.com.br/covid-19


Fonte: Agerer, B.; Koblischke, M.; Gudipati, V.; et al. SARS-CoV-2 mutations in MHC-I-restricted epitopes evade CD8+ T cell responses. Science Immunology (2021) doi: 10.1126/sciimmunol.abg64

102 visualizações