Caso USP São Carlos: NanoSight

No grupo de Nanomedicina e Nanotoxicologia (GNano), coordenado pelo Prof. Dr. Valtencir Zucolotto, trabalhamos em diferentes linhas de pesquisa buscando inovações baseadas em nanotecnologia para o aprimoramento de diagnósticos e tratamentos de diferentes doenças.

Especialmente para o tratamento do câncer, atuamos com uma estratégia biomimética e bioinspirada que compreende a funcionalização de nanosistemas aplicando revestimento com membranas de células tumorais. Essa estratégia tem permitido diferentes benefícios terapêuticos em comparação a utilização de quimioterápicos convencionais.


Para a viabilidade desta tecnologia, uma das etapas fundamentais compreende o isolamento das membranas das células e a caracterização dessas estruturas. Neste aspecto, o NanoSight fornece informações referentes a concentração bem como a faixa de tamanho.